Acabar com a “peste grisalha” de vez…

Sinceramente eu achava que a coligação PàF estava descoordenada e era pouco coerente até porque o programa de governo apresentado à uns dias teve pouco a ver com a apresentação dos cabeças de lista!!! Mas agora que conhecemos o cabeça de lista do PàF pela Guarda, que foi escolha pessoal de Passos Coelho sublinhe-se, e o programa de governo no respeitante à privatização do sistema de pensões, vejo que a coordenação e coerência é total!!!

A “peste grisalha“…

Num artigo de opinião, publicado a 10 de janeiro de 2013 no jornal I, Carlos Peixoto, o agora candidato por um dos distritos mais “grisalhos” do país, escrevia que Portugal tinha sido “contaminado pela peste grisalha”, em referência ao aumento da população idosa, e o envelhecimento da população portuguesa provocará uma “ocupação do nosso país por parte de imigrantes que tenderão a substituir as populações autóctones“, o que na sua opinião é “assustador” e “desafia a nacionalidade portuguesa”, e continua com as parvoíces referindo que o “envelhecimento dos portugueses e o incremento do seu índice de dependência“, para além de provocarem um “aumento penoso dos encargos sociais com reformas, pensões e assistência médica“, colocam em causa a “sobrevivência” de Portugal “enquanto país soberano“.

Depois de ter dito estas alarvidades racistas e de gosto discutível, mas de facto todos os cretinos têm direito numa democracia a ter a sua opinião, qual era a solução que apontava para a resolução do assunto, bem não era o aumento das contribuições para a segurança social, nem da população ativa criando empregos, nem a atração dos que emigraram, nem muito menos a atração de novos emigrantes, a única solução desta mente ignorante, ofensiva e racista eram duas: Fazei filhos e alterai a Constituição da República que tudo será resolvido!!! Sim referiu literalmente que se deve “procurar novas políticas de apoio à natalidade e novas formas de encarar o papel de um Estado que já quase não consegue desempenhar as missões fundamentais que esta vetusta Constituição lhe confere. Tenho para mim que o verdadeiro problema da nossa envelhecida sociedade não está no envelhecimento da sua população. Está no que os sucessivos governos não mudaram desde que a sociedade começou a envelhecer. Precisamos, todos, de mudar a nossa mentalidade, de a renovar, de apostar no incremento da natalidade. Se assim não for, envelhecemos e apodrecemos com o país.“!!!

acabemos_com_a_peste_grisalha_de_vez01

A privatização do sistema de pensões da segurança social…

E aqui chegamos ao ponto da eugenia social e económica da “peste grisalha” apontada pelo companheiro e amigo de Pedro Passos Coelho, no programa de governo que esta coligação submete ao juízo eleitoral no próximo dia 4 de outubro, é referido (na pág. 35): “A introdução, para as gerações mais novas, de um limite superior para efeitos de contribuição, que em contrapartida também determinará um valor máximo para a futura pensão. Dentro desse limite, a contribuição deve obrigatoriamente destinar-se ao sistema público e, a partir desse limite, garantir a liberdade de escolha entre o sistema público e sistemas mutualistas ou privados.

Ou seja hoje o sistema é obrigatório (e não voluntário) e porque é essa obrigatoriedade que permite que os meus pais e/ou meus avós possam receber a sua pensão, o que a PàF pretende é que os meus filhos e/ou netos não contribuam obrigatoriamente para o sistema fazendo com que eu não beneficie de nenhuma pensão!!! Ou seja e explicado por miúdos as futuras reformas públicas não existirão, e explico-vos porque não é um eufemismo estas minhas palavras!!!

Ao se permitir aos jovens que irão entrar no sistema que a partir de um determinado montante contribuam zero para o sistema de pensões retiram do sistema contributivo os maiores contribuintes e e fazem depender a atribuição da minha futura reforma dos contribuintes com menores rendimentos (que continuarão obrigatoriamente a descontar para o sistema de pensões público) deste modo e como não esperamos que haja um aumento substancial de jovens nos próximos anos, até pelo contrário devido não só às altas taxas de emigração como o de terem saído milhares de potenciais de jovens mães e pais, isto quer dizer que a minha pensão estará dependente dos meus concidadãos que ganham os salários mais baixos!!! O problema é que não é só a minha pensão mas a de todos os outros milhões que se irão reformar entretanto e que serão sempre mais do que os que com salários baixos financiam as nossas pensões!!!

E aqui fica a pergunta principal, como é que um sistema já de si deficitário que se pretende que seja ainda mais deficitário irá pagar as reformas futuras?

Pois é a resposta é simples: Não pagará!!! 

Mas e no fim de contas a quem não se pagará estas reformas futuras, pois é, a todos os que ganhem menos de um x tecto e que não puderam descontar para um sistema privado!!!

Os pobres, os remediados e os da classe média que não ganharão com certeza o suficiente para descontarem para um sistema de pensões privado.

Deste modo acaba-se de vez com a “peste grisalha” pelo menos com uma parte substancial desta pois ao não se poderem reformar e quando o fizerem ao não terem reforma, morrem à fome e indigentes desaparecem de vez e rapidamente, como acontecia aliás até 74 em Portugal onde apenas alguns poucos tinham direito a esta!!! Os restantes ou dependiam dos filhos ou viviam em casebres e alimentavam-se nas “sopas dos pobres“, conhecidas então por “sopas do Sidónio“!!!

acabemos_com_a_peste_grisalha_de_vez02

Eis então o que a PàF pretende, levar à pratica o que o cretino e racista do candidato do seu cabeça lista pela Guarda pretendia, ou seja, acabar com a “peste grisalha” de vez...

Anúncios

4 thoughts on “Acabar com a “peste grisalha” de vez…

  1. Tenho vergonha que este deputado se sente na cadeira, em que me sentei, para há 40 anos fazer a Constituição que lhe permitiu fazer-se deputado … nós os constituintes somos agora essa peste grisalha …
    Theodoro da Silva

    Gostar

Argumente

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s